Número total de visualizações de página

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Capitulo 2

Setembro, 20 de 2009
A primeira semana de aulas já acabou, e como é habitual não foi nada de especial. Os mesmos colegas, a mesma escola, nada mudou desde o último ano.
Esta semana a Alex tentou conquistar o novo borracho lá da escola, mas sem sucesso. Ele chama-se João, joga no clube de basket da escola e namora com a líder da claque, o que tirou a maior parte das hipóteses da Alex o conquistar.
E basicamente foi isso que aconteceu nesta semana muito interessante…


Outubro, 25 de 2009
Já a mais de um mês que não escrevo, mas como eu não ligo a isto não me fez muita falta, mas está semana aconteceram coisas interessantes (para variar) e eu tinha mesmo de escrever, também porque a Alex e a Marta não me ligaram nenhuma os últimos dias pois ontem estreou um novo filme de vampiros e é a loucura total…
                Na terça-feira sentia-me esquisita, não queria ir para a escola, pois não me sentia muito bem, mas o meu querido pai obrigou-me. Vesti-me e fui para a paragem apanhar o autocarro, mas ele já tinha passado e tive que esperar pelo seguinte. Cheguei atrasadíssima a escola e o meu dia estava a correr “lindamente”…
Antes de entrar na sala de aulas tive um arrepio pelo o corpo todo, talvez por estar a ficar frio, mas mesmo assim o meu dia estava muito esquisito. Mas quando entrei reparei que tínhamos novos alunos na nossa turma, um rapaz e uma rapariga. Eu sei que pode parecer uma loucura, mas será que os arrepios e má disposição daquele dia tinha a ver com eles, será que isto é um aviso? Não faço ideia e pelo andar das coisas não vou saber tão cedo, pois eles não falam, estão sempre isolados, quietos, basicamente não fazem nada, mas há algo nele que me desperta interesse e curiosidade por isso fui pesquisar.
O rapaz chama-se Miguel e a rapariga Susana, são ambos órfãos e vivem no orfanato de Dickens.
O Miguel é alto, atlético, tem os olhos castanhos tal como o cabelo, é bom aluno, anti-social, misterioso, calado, na minha opinião acho-o fascinante e lindo, e quero tentar aproximar-me dele, mas com a sua personalidade acho muito difícil e até tenho quase medo de falar com ele.
 A Susana para mim é só mais uma daquelas órfãs góticas, esquisitas e estúpidas, e que ao contrário do Miguel não me desperta curiosidade nenhuma.
Bem, agora vou descansar e ver um filme qualquer na televisão acompanhada por um grande balde de pipocas – é o que acontece quando somos “trocadas” pelas nossas amigas por um filme de vampiros.

Sem comentários:

Enviar um comentário