Número total de visualizações de página

terça-feira, 13 de março de 2012

Be yourself - 43º Capitulo!

  Ana "on"
  
  " Eu e o Louis ficámos na casa deles devido a empregada não ter chave pra poder fazer as limpezas de manhã. Nós estávamos na sala a ver um filme, quando o Louis tem uma ideia mesmo trenga:"
  Louis. E se fossemos para o jacuzzi?
  Ana: Mas eu não tenho biquíni.
  Louis: Oh, vá lá. Que saiba só estamos nós os dois aqui em casa, não há stress. Podes ir de roupa interior, afinal de contas estamos por nossa conta.
  Ana: O que tu queres sei eu!
  Louis: Até parece que tu também não queres.
  Ana: Bem, por acaso...
  Louis: Vamos lá então!
  " Fomos pro jacuzzi. Ele era assim:
  Tiramos a roupa, e ficamos com a nossa roupa interior. O Louis já tinha entrado no jacuzzi e quando eu estava a entrar ele vira-se pra mim e diz-me:"
  Louis: És perfeita!
  Ana: Cala-te. Não digas parvoíces.
  Louis: Cala-te mas é tu. Tu é que estás a dizer parvoíces.
  Ana: Trengo!
  " Aproximei-me dele e ele agarrou-me pela cintura. Sentei-me nas pernas dele, de maneira a que ficasse encaixada e ficássemos o mais perto possível um do outro. Beijavamo-nos loucamente, até que o Louis começa a beijar-me o pescoço. Com aqueles beijos tão delicados faziam com que tremesse de prazer. Senti que o Louis estava cada vez a beijar-me mais pra baixo. Ele parou de me beijar e olhou-me nos olhos. Em seguida sorriu pra mim e voltou a fazer o mesmo percurso mas desta vez de baixo pra cima. O Louis começou a tirar-me o soutien, ao tirar-mo, intuitivamente tapei-me com os meus braços. Aí ele diz:"
  Louis: Não precisas de ter vergonha, és linda. Serás sempre linda pra mim.
  " Ao ouvir ele a dizer isto, deixei de estar nervosa e insegura e destapei-me. Aí ele diz:"
  Louis: Eu disse que eras perfeita!
  Ana: Perfeito és tu. Amo-te!
  Louis: Eu amo-te mais!
  " O Louis voltou a beijar-me, e enquanto fazia isso, acariciava os meus seios. Estivemos assim por mais algum tempo, até que ele tira os seus boxers e eu tiro a única peça de roupa que me faltava. Ficámos a apreciar um ao outro e acaricio-lhe os seus lindos cabelos e o seu lindo peito. De repente o Louis diz:"
  Louis: Queres que pare? Eu compreendo se tu quiseres que...
  " Nem lhe dei tempo pra terminar a frase. Espetei-lhe um beijo e disse-lhe:"
  Ana: Isto responde á tua pergunta?
  Louis: Sim...
  " Beijamo-nos, quando sinto uma das melhores sensações da minha vida. Tínhamos tornado num só, nada nem ninguém podia negar isso. Enquanto isto durou, sabia o quanto ele me amava, a demonstração de carinho que ele tinha por mim, o cuidado que tinha pra não me magoar. Tudo isso demonstrava o quanto me amava."
  Louis: Amo-te!
  Ana: Eu amo-te mais!
  " Selamos este momento com um beijo e permanecemos no jacuzzi por mais algum tempo."
  Louis: Acho melhor irmos dormir, por que senão amanhã não temos energia nenhuma.
  Ana: Tens razão.
  " Dirigimo-nos pro quarto do Louis. Bem, o quarto dele era demais. Era assim:"
  Ana: Menino Louis, importa-se de me dizer o que eide vestir?
  Louis: Simples, veste isto!
  Ana: Ok!
  " Ele deu-me uma camisola pra mão, que a mim ficava-me tipo um mini vestido. A camisola era assim:
  O Louis também vestiu uma camisola igual, só que em tons de preto:
  E umas calças de dormir pretas. Deitamo-nos na cama e ele sussurrou-me ao ouvido:"
  Louis: Jamais me esquecerei deste dia. Foi perfeito.
  Ana: Também foi perfeito pra mim.
  " Beijamo-nos e acabamos por adormecer."


Ana "off"



Sem comentários:

Enviar um comentário